Veja o que os shoppings brasileiros estão fazendo pela sustentabilidade


Imagem destaque deste post

A sustentabilidade é uma preocupação cada vez mais central para as grandes marcas do varejo que querem sobreviver e continuar crescendo no mercado atual. Isso não é diferente para os shoppings centers.

Pelo segundo ano consecutivo, a Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) divulgou seu Relatório de Sustentabilidade, com o mapeamento de todas as iniciativas e ações sustentáveis que o shoppings brasileiros vêm fazendo, desta vez, ao longo de 2019.

O estudo foi conduzido pelo Grupo Datacenso e coletou informações de 563 estabelecimentos em atividade espalhados por todo território nacional. Foram analisados indicadores ambientais e sociais, e os principais resultados a gente conta para você nesse post.

Uso da água

Torneira pingando.

De acordo com o levantamento da Abrasce, 56% dos shopping brasileiros realiza tratamento de água ou reutiliza água no seu dia-a-dia. Em relação ao ano passado, esse número se manteve o mesmo, o que significa que o setor ainda pode melhorar muito na conservação desse recurso tão importante.

Destinação de resíduos

Lixeiras amarela, azul, vermelha e verde para coleta seletiva.

Outro número que se manteve estável em relação a 2018 foi o de estabelecimentos que realizam coleta seletiva: 92% dos centros comerciais. Isso significa que todos os meses quase 20 mil toneladas de resíduos são separados para ser destinados corretamente.

Mais um dado interessante dessa categoria é que 35% dos shoppings fazem logística reversa dos resíduos. O número ainda é baixo, mas é bom saber que parte dos resíduos estão sendo reincorporados à cadeia de produção.

Áreas verdes

Foto de uma pessoa interagindo com uma área verde no fim de uma escada em espiral vista de cima.

Pouco mais da metade dos shoppings (52%) afirma que cuida de áreas verdes internas ou externas em suas propriedades e 43% investe em paisagismo.

Perto da poluição e da loucura das grandes cidades, espaços como esses têm sua importância tanto em termos ambientais quanto em termos de qualidade de vida, já que as pessoas podem desfrutar de um pouquinho de paz e tranquilidade em um ambiente bonito e arborizado.

Campanhas de doação

Uma pessoa entrega uma caixa de papelão para outra.

As campanhas de doação já passaram a fazer parte do calendário de 84% dos shoppings do Brasil e demonstram que o cuidado e a preocupação vai além dos clientes, estando voltada para a sociedade como um todo.

Uso de energia

Luminárias pendentes acesas.

Um número que teve aumento positivo em relação ao ano passado foi o de shoppings que fazem uso consciente de energia elétrica: 84%. Além de investirem cada vez mais no aproveitamento da iluminação natural, os shoppings estão revendo seus hábitos de consumo de energia: 95% usa lâmpadas de led, 86% controla utilização de ar condicionado e 61% usa sensores de presença para luzes.

Emissão de gases poluentes

Chaminé emitindo grande quantidade de fumaça branca e cinza.

Em relação a 2018, aumento no número de shoppings que têm o controle de sua emissão de gases poluentes em 2019 é muito animador: de 21% subiu para 72%. A melhora nesse quesito só foi e é possível através de parcerias e contratações de empresas comprometidas com causas sustentáveis.

Conclusão

O setor de shoppings centers no Brasil parece estar bem atento às mudanças do mercado e disposto a se transformar de acordo com novas demandas dos consumidores. Nesse cenário, as ações sustentáveis são investimentos na transformação desses espaços para uma realidade mais coletiva e consciente, que converse e esteja de acordo com o que busca seu público.

Nós, da Recicla.Club temos soluções inteligentes para que estabelecimentos de grande porte como Shoppings Centers tenham a gestão de seus resíduos feita de maneira dinâmica e conectada com a cadeia de produção. Conheça nossos serviços!


Gostou?

Que tal compartilhar este artigo?

Facebook icon

Deixe seu comentário :)

Receba nossas notícias na sua caixa de emails!

Se inscreva abaixo para receber emails periódicos com conteúdos relevantes sobre sustentabilidade e a cidade ;)